Papa aceita duas renúncias de bispos chilenos envolvidos em escândalo sexual

0

81

O papa Francisco aceitou nesta quinta-feira (27) a renúncia de mais dois bispos chilenos envolvidos em um escândalo de abuso sexual que abalou o país. Agora sobe para cinco o número de renúncias confirmadas pelo pontífice.

Os bispos Alejandro Goić Karmelić, da cidade de Rancagua, e Horacio del Carmen Valenzuela Abarca, da cidade de Talca, serão substituídos por comissários, conhecidos como administradores apostólicos, diz o comunicado do Vaticano.

Francisco aceitou a renúncia de três outros bispos no dia 11 de junho. No mês passado, todos os 34 bispos do Chile ofereceram renunciar em massa, após reunião com o papa sobre alegações de que teriam acobertado casos de abuso sexual.

Goić, de 78 anos, emitiu um comunicado no mês passado pedindo desculpas por não ter agido rapidamente quando foi informado sobre alegações de abuso sexual por parte de padres de sua diocese.

Valenzuela, de 64 anos, foi um dos quatro bispos treinados para o sacerdócio pelo padre Fernando Karadima, considerado culpado de abusar de meninos em Santiago nos anos 1970 e 1980 em uma investigação do Vaticano em 2011.

Agora com 87 anos e vivendo em um asilo no Chile, Karadima sempre negou qualquer irregularidade.

Fracisco já havia dito à “Reuters” em uma entrevista exclusiva em sua residência no dia 17 de junho que estava considerando aceitar renúncias de mais bispos chilenos. Com informações do Extra.

t5

Share.

Leave A Reply