Polícia prende em João Pessoa homem que se passava por oftalmologista e cobrava R$ 400 por consulta

0

thumbnail_seds-policia-prende-na-capital-homem-que-se-passava-por-oftalmologista-1-e1502447864651

Uma ação realizada na tarde desta quinta-feira (10) pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa resultou na prisão do pernambucano Vinicius Silva Iglessias, 34 anos, em um consultório de oftalmologia que funciona no Centro da cidade. Ele é suspeito de exercer ilegalmente a profissão de médico oftalmologista. A polícia chegou até ele durante investigações que foram motivadas por uma denúncia encaminhada à DDF.

De acordo com os levantamentos policiais, Vinicius já exercia há dois anos a profissão de médico de forma ilegal e cobrava em média R$ 400 pela consulta. O investigado não fazia nenhum procedimento invasivo, como cirurgias oculares, mas realizava exames de vista sem ter nenhum certificado que comprovasse que poderia fazer isto. Depois dos procedimentos realizados na clínica particular, ele encaminhava os pacientes para uma ótica.

Vinicius realizava os procedimentos apenas na clínica e não prestava serviço em nenhuma unidade de saúde de João Pessoa. No local onde ele trabalhava, os agentes de investigação, coordenados pela delegada Vanderléia Gadi, da Delegacia de Defraudações e Falsificações, encontraram e apreenderam vários equipamentos para a realização de exames de vista, o jaleco com o nome dele bordado, receituário e um óculos para verificação do grau.

Como não apresentou nenhum documento comprovando que era médico, Vinicius vai responder na Justiça pelos crimes de estelionato e exercício ilegal da medicina, cujas penas podem chegar a mais de 5 anos de reclusão e dependendo do número de vítimas pode chegar a 10 anos de prisão. Por isto a DDF pede para que as pessoas que foram lesadas pelo falso médico procurem a Delegacia para registrar a ocorrência ou liguem para o 197, disque denúncia.

Depois de ser ouvido, Vinicius Silva Iglessias foi levado para a carceragem da Central de Polícia, no Geisel, onde vai ficar recolhido até ser apresentado ao juiz da audiência de custódia, o que deve acontecer nesta sexta-feira (11).

thumbnail_seds-policia-prende-na-capital-homem-que-se-passava-por-oftalmologista-5

Share.

Leave A Reply