Procurador de Paris diz acreditar que incêndio na Catedral de Notre-Dame foi acidente

0

3O procurador de Paris, Remy Heitz, afirmou nesta terça-feira (16) que acredita que o incêndio na Catedral de Notre-Dame possa ter sido ocasionado por um acidente. Nesta manhã, bombeiros e especialistas analisavam a estrutura da edificação e o impacto das chamas.

“Nós estamos priorizando a teoria de um acidente”, declarou o procurador da capital francesa, que também afirmou que a investigação será longa e complexa.

O incêndio levou nove horas para ser extinto e causou grandes danos à catedral: todo o telhado e toda a armação foram destruídos, parte da abóbada e a “flecha” (torre mais alta) caíram. Ainda havia pequenos focos no início desta manhã, mas bombeiros garantiram que não havia mais perigo de as chamas voltarem a crescer.

Ainda segundo o procurador, “nada aponta para um ato voluntário”, conforme destacou a AFP. Ele explicou que cerca de 15 funcionários de cinco empresas que faziam obras na catedral e estiveram no local nesta segunda-feira deverão prestar depoimentos. Além disso, Heitz informou que aproximadamente 50 investigadores trabalharão no caso.

Macron promete reconstrução

O presidente francês, Emmanuel Macron, prometeu “reconstruir” a catedral. “Nós vamos reconstruir essa catedral, todos juntos. Uma campanha nacional vai ser lançada, e para além das nossas fronteiras. Nós faremos um chamado aos maiores talentos, que serão muitos e virão para reconstruir nossa Notre-Dame.”

O ministro da Cultura da França, Franck Riester, afirmou que as obras danificadas pela fumaça do incêndio serão levadas para o Museu do Louvre para restauração. “Elas podem ser removidas a partir de sexta-feira e transportadas com segurança para as dependências do Louvre, onde serão restauradas.”

 2019-04-15t215008z-2109569793-rc1c058e5b00-rtrmadp-3-france-notredame-macron

Para bombeiros, o incêndio pode estar ligado às obras de renovação que estavam ocorrendo na catedral.

Valérie Pécresse, presidente da região de Île de France, que inclui as cidades de Paris e Versalhes, disse que o incêndio foi um acidente. “Não foi intencional”, declarou.

Share.

Leave A Reply